O Brasão do GCE/RO

O Brasão do GCE/RO é formado por uma estrela azul cobalto e bordas douradas, contendo quatro braços que recordam as liberdades defendidas pela instituição: liberdade civil, religiosa, intelectual e política.

O Brasão do GCE/RO é formado por uma estrela azul cobalto e bordas douradas, contendo quatro braços que recordam as liberdades defendidas pela instituição: liberdade civil, religiosa, intelectual e política.

Sua estrela é constituída por uma derivação da cruz maltesa ou cruz de amalfi, que está dentro da categoria da cruz pátea e foram sobrepostas três unidades em homenagem aos pilares da Ordem DeMolay: Amor a Deus, a família e ao país.

No centro do brasão está localizado o mapa do Estado de Rondônia, com as regras instituídas pelo Decreto-Lei nº 007 de 31/12/81, apresentando as cores verde (sinopla), amarelo (ouro), azul (blau) e prata (“estanho”).

As cores principais simbolizam o céu e o potencial da vegetação e minério de nosso Estado.

A estrela de prata em seu centro representa a disposição de um observador postado de frente para o oriente, imaginariamente situado no limite da fronteira, onde visualiza o território ideal para construir o seu futuro, concretizar a realização de seus sonhos e materializar seus anseios pessoais.

Acima deste mapa encontramos a última versão do emblema da Ordem DeMolay – editado em 2001 – e criado por nosso fundador, Frank Sherman Land.

O brasão é circundado por um círculo opaco branco com bordas douradas, contendo em seu bojo o nome oficial do Grande Conselho e sua abreviação em cor marrom: GRANDE CONSELHO ESTADUAL da ORDEM DeMOLAY DO ESTADO de RONDÔNIA (GCERO).